Intensity

December 9, 2009

As despedidas já começaram, emoções à flor da pele e aos poucos vou percebendo que estou deixando quem eu amo para trás. Na verdade não é bem assim.. Eu não estou fugindo, estou embarcando em uma longa viagem apenas, mas a saudade torna as coisas mais emocionantes de fato.

Agora estou envolvido na próxima despedida, a dos amigos. Importantíssima, estou ansioso por ela também, como se não bastasse todo esse exagero de ansiedade que habita meus arredores. Confesso que fiquei sem graça de chamar alguns amigos.. Amigos que há tempos não falo e de repente entro em contato para dizer “você vai poder ir na despedida?” sendo que uma despedida não anunciada já acontecera antes, porque ficamos tanto tempo sem nos falar. Coisas da vida.. Mas mesmo assim tentei, espero que todos compareçam.

Por falar em emoções, dentro das loucuras que a gente faz, daquelas de dar frio na barriga, é de onde vem os sentimentos mais gostosos, é por onde você viaja nos seus pensamentos truncados e por um instante você desfaz alguns nós, vê a vida tão simples. E no próximo piscar de olhos já volta tudo ao normal. Ou anormal. Coisa maluca isso né?

Hoje dei um abraço em meu pai e disse: “Estou indo embora, pai”. Em toda a minha vida nunca vi expressão igual no rosto dele. Não vou nem ter a audácia de arriscar dizer o que passou pela cabeça dele. Julgando pelas circunstâncias deve ser uma preocupação absurda, acho que só quando eu for pai eu vou saber. A gente tenta entender, finge que sabe, mas só imagina.

Essas situações novas que acontecem na vida fazem novos horizontes surgirem, novas emoções. E francamente, se a viagem pulsar no mesmo ritmo em que as despedidas estão indo, então eu vou de longe viver os melhores anos da minha vida.

.

.

.

Today’s Song – Andy Duguid Feat. Leah – Wasted (Tiesto and Donkko Mix)

Dedicated L.

Felipe – Phill

Advertisements

One Response to “Intensity”

  1. Marioh said

    Fe, independente de como serao as despedidas, tenha a certeza de que os melhores anos da sua vida começarao logo mais. Viver fora é demais, agrega, te faz amadurecer, definir certos valores e livrar-se de outros, faz perceber quem realmente é importante na vida e abre espaço para novas pessoas conquistarem lugar no seu rol de queridos amigos.

    Se precisar de qq coisa, conselho, desabafo, etc, conte comigo. Afinal…vc sabe que sou escolada nessa história de morar fora…rsrsrs

    beijos!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: